PROJETO DGU/CAPES 281/12

Identidades e Fronteiras: perspectivas historiográficas para o estudo das relações políticas e culturais no medievo ibérico

O desenvolvimento das pesquisas históricas na área de História Antiga e Medieval realizadas por pesquisadores brasileiros vem ganhando espaço no meio acadêmico-científico europeu e latino-americano na última década. Resultado dum investimento conjunto que continua envolvendo pesquisadores brasileiros, europeus e latino-americanos, ao lado do incentivo por parte das agências de fomento ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e educação, estes contatos e trocas de experiências acabaram demonstrando a pertinência e a aproximação de eixos temáticos pesquisados por algumas instituições que vem se destacando no cenário internacional, particularmente quando tratamos de analisar, tanto na perspectiva histórica quanto na historiográfica, temas relacionados a elaboração e a construção das identidades e fronteiras e os seus desdobramentos nas relações políticas e culturais no espaço da Península Ibérica entre os séculos VII e XV.